Verdade?

Prezados Irmãos do CdPQ, voltei! Desculpem a ausência. Alguns dias enfrentando o Dark Side…

A reflexão que trago hoje é sobre a verdade. O filósofo Nietzsche apresentou um conceito que me parece o melhor para verdade

“Não há fatos eternos, como não há verdades absolutas”.

Realmente não há verdades absolutas, bem como não há pessoas que saibam de toda a verdade. Pois como o filósofo da citação crê, a verdade nada mais é que uma ponto de vista de um fato. E este ponto de vista é influenciado pelo tempo. Porém onde quero chegar com esse papo de verdade?

Freqüentemente na Ordem temos que encarar a verdade ou dize-la. Gostamos de encara-la? Ou de dize-la?

Estamos entre irmãos e por diversas vezes os irmãos nos pedem opiniões sobre ações que serão tomadas, como uma candidatura, uma disputa entre membros e tantas outras questões que nos aparecem eventualmente. Como agimos? Com o coração, em favor de nosso irmão e amigo. Ou então com a razão, em favor do bem da Ordem e do bem do próprio Irmão.

Esta encruzilhada nos é apresentada no nosso dia a dia. E como escolhemos agir?

Certa vez em uma festa, ouvi de uma amiga a seguinte frase: “Um pouco de mentira no relacionamento faz bem.”

Será que é só no relacionamento? Alias faz bem mesmo? Ou só adia situações complicadas no momento. Situações específicas que não sabemos lidar e vamos adiando, contando um mentira aqui ou omitindo uma opinião ali. Para que um dia finalmente a situação se resolva, geralmente da pior maneira. Ou então você omitindo novamente uma opinião para poder sair como o conciliador, amigo, pacífico.

Desde um bom tempo tenho preferido dizer a verdade, é um exercício difícil. Muitos sofrem a minha volta com isso, até aceitar a verdade, pois afinal ela doi. Mas e a mentira? E a omissão? Construiremos nossa vida em um alicerce de areia? As pessoas demoram e sempre demorarão para entender minhas ações, mas ao longo elas verão que foi o melhor.

Melhor um amigo dizendo seus defeitos que um inimigo seu. Alias que valor se dá a palavra de um inimigo? Todos nós temos defeitos, como tentar melhorar, buscar uma perfeição inatingível se não soubermos em que erramos?

“A verdade é filha do tempo, não da autoridade”. Francis Bacon

Então vamos dar tempo ao tempo e descobrir o que a vida ensina!

O Companheiro tem andado bem apreensivo e pensativo nos ultimos dias…

  • Agenda

    • agosto 2020
      D S T Q Q S S
       1
      2345678
      9101112131415
      16171819202122
      23242526272829
      3031  
  • Pesquisar