Enquanto houver uma Ordem DeMolay…

Em meu ultimo post(a 15 dias atrás, sorry) comentei sobre a instalação de Capítulos em cidades ditas pequenas e é claro prometi uma reflexão para meu próximo post, que demorou mais saiu.

Na realidade que cresci para a Ordem DeMolay nunca consegui imaginar a Ordem DeMolay em pequenas cidades, com poucos habitantes, mas a experiência e especialmente a troca dela, me mostraram que isso é possivel. Bastando apenas dedicação do grupo que decidir doar seu tempo em prol da Ordem DeMolay, de preferência Tios e Tias.

Creio que muitas vezes deixamos de pensar em ter um Capítulo DeMolay em uma cidadezinha, com o medo de que ele venha a fechar. Sim, deve ser terrivel ver seu próprio Capítulo fechar. Mas se pensarmos que se não arriscarmos e descobrir se esse Capítulos vão continuar ou não, a juventude dessa cidade dificilmente será apresentada as virtudes da Ordem.

Hoje conheço exemplos de Capítulos que surgiram assim e são fortes, podendo as vezes ser exemplo aos demais de seu Estado. E aí fica o questionamento: Incentivar Capítulos em cidades pequenas mesmo que corra-se o risco de ele fechar ao longo do tempo se não tiver o cuidado necessário?

Eu creio que é válido. E vocês?

  • Agenda

    • agosto 2020
      D S T Q Q S S
       1
      2345678
      9101112131415
      16171819202122
      23242526272829
      3031  
  • Pesquisar