Homens por trás das telas

Acho que já até postei sobre esse assunto, mas é que essa semana ele voltou a tona com força na minha reduzida convivência com a Ordem DeMolay. Mais uma vez, vi, na internet, um monte de menino falando coisas que não faziam tanto sentido apenas pelo prazer de falar besteira.

Um tempo atrás fui acusado indiretamente de desviar recursos das Instituições DeMolays as quais pertenci/ pertenço. Dias depois, encontrei com esse homem da internet que, na minha frente, baixou a front e simplesmente fingiu que nada tivesse acontecido. Eu fiquei impressionado. Na internet, todo mundo é homem. Fora dela, são todos moleques?

Tou ficando velho pra essas coisas. A legislação brasileira para crimes na internet ainda é falha. Meu sonho de consumo era poder, sem amarras legais, sem amarras de fraternidade, colocar esses pseudo-homens nos seus lugares. Pra tentar moralizar a coisa. Falamos tanto dos políticos que falam uma coisa e fazem outra e, dentro da Ordem DeMolay que se apresenta como uma organização séria, vemos muito disso. Somos apenas mais dos mesmos? Se for, estou decepcionado.

Quantos de nós não leu/ ouviu um monte de asneira sobre alguém conhecido e teve que ficar calado pra não procurar confusão? Falar mal de um deles na presença de um não iniciado deveria valer para aqueles mal iniciados também. Pra eles calarem a boca e as moscas não entrarem…

Semana que vem tento um post menos indignado…

Deixe um comentário

Nenhum comentário ainda.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s