O Perfil

Quando o Reverente entrou pro Blog, ele escreveu um perfil que seria usado pra ele, como hoje foi um dia muito tumultuado e não tive como escrever algo bom, deixo o perfil para que cumpra com meu compromisso!

Boa leitura!

 

A verdade que se faz única e absoluta: nem tudo que é Sagrado pra mim é Sagrado pra você.

 

Agora, Reverente.

 

Poderia traduzir a virtude da Reverência como algo ligado à adoração, elevação, sublimação. Porém, creio que há muita “ação” na grafia dos sinônimos desta virtude, coisa que na prática não é comumente observado.

Falamos muito em Reverência, quando na verdade fazemos pouco.

Logo, represento então, o sinônimo de “Humildade”. Não! Não! Não é que me faço pior ou melhor que os demais, a humildade não tem intensidade quando bem colocada!

Falemos então, do Respeito Profundo àquilo que é Sagrado. Aliás, o que é Sagrado?

Entendamos, pois, que vivemos em um País livre, mas que independente disso, cabe a nós sabermos, definitivamente, que no Mundo todo, se há algo a ser admirado e respeitado como único e legítimo direito, é o Direito a Fé livre e verdadeira.

Olhos pulsam em adoração, corações ardem em sublimação e vidas elevam em plenitude.

Cada um sabe o que lhe é em particular, sagrado. Cada um sabe o valor que tem aquilo que adora e, por isso cuida.

 

Poderia falar em latim, poderia falar em inglês, mas no Português claro e simples lhes digo: a virtude discreta que represento, é Nobre, e por isso a conjugação do verbo “Reverenciar” no meu vocabulário, tem apenas um tempo, uma pessoa e uma intensidade…

 

_Eu Reverencio.

 

E isso basta.

 

—-X—–

 

O Reverente queria muito que cada um se identificasse com uma virtude e a seguisse verdadeiramente, assim como sonha um dia se identificar com as outras 6. Pra quem tem ao lado o Moço Bom, nada é impossível. Crer é tudo.