Ó musa…

Preciso que retornes, ó musa da inspiração. Já fazem duas semanas que não consigo fazer um post decente para os visitantes do CdPQ. Estou em desespero, pensando inclusive em me enforcar num pé-de-coentro…

Vou imitar O Cortês e passar uma receita pra não reclamarem que não foi nada útil… (é uma dica pra quem mora sozinho!).

Ingredientes para Arroz Carreteiro:

3 xícaras de chá de arroz lavado
2 colheres de sopa de óleo
1kg de carne seca
2 dentes de alho amassados
1 cebola média picada
7 xícara de chá de água fervente

Como Preparar:

Coloque com antecedência a carne seca de molho, trocando a água por várias vezes. (Melhor deixar em geladeira, por 24 horas.) Cozinhe-a até que esteja macia, pique ou desfie.

Refogue o alho e a cebola no óleo e junte a carne seca. Acrescente o arroz e frite bem, mexendo sempre. Adicione a água e baixe o fogo.

Deve ser servido ainda úmido, por isso, prepare na hora de servir.

2 Comentários

  1. As grandes obras são executadas, não pela força, mas pela perseverança.
    (Samuel Johnson)

    A LENTE

    Quando menino, eu tinha por apelido, “o fogo-de-palha”.

    Estava sempre com um plano novo na cabeça e, a respeito, falava entusiasticamente à minha família.

    Começava a tarefa, porém logo me sentia desanimado e a largava desinteressado.

    E uma outra idéia magnífica jorrava de meu espírito, para ter o fim de sempre.

    Embora o fato se repetisse constantemente, não havia, em minha casa, comentários a respeito.

    Em certo dia de verão, meu pai, que lia o seu jornal na varanda, chamou-me. Estava com uma lente na mão e me disse:

    Preste atenção e irá ver uma coisa muito interessante. É uma experiência…

    Com o sol incidindo na lente, passeava o foco de luz pela folha do jornal, porém nada acontecia. Eu estava intrigado.

    Então ele deteve o movimento e manteve o ponto de luz imóvel por algum tempo, focalizando os raios solares. Dentro de poucos segundos o papel se incendiou e surgiu ali um furo.

    Escusado é dizer que aquilo me fascinou, mas não entendi logo o significado da experiência. Então meu pai me explicou:

    Meu filho, este princípio se aplica a tudo que fazemos. Para alcançarmos qualquer êxito na vida é indispensável concentrar todos os nossos esforços na tarefa do momento. É como a concentração dos raios do sol filtrados pela lente. Enquanto ela percorreu às tontas a folha do jornal nada aconteceu. Mas, quando se deteve, você viu o furo provocado. Tudo questão de paciência, tempo e concentração. Às vezes, quando estamos prestes a desistir, aparece-nos a solução do problema, justamente como no caso do furo no papel.

    Desse incidente me recordei inúmeras vezes em minha vida, o que me deu sempre muita coragem para perseverar até o fim.

  2. Venho me desculpar por estar um pouco atrasado nos meus comentários. Acontece que estou em semana de prova e fatidicamente permanecerei até a primeira semana de outubro.

    Ah! Eu já conhecia essa receita.


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma resposta para Matheus P P Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s