Ó musa…

Preciso que retornes, ó musa da inspiração. Já fazem duas semanas que não consigo fazer um post decente para os visitantes do CdPQ. Estou em desespero, pensando inclusive em me enforcar num pé-de-coentro…

Vou imitar O Cortês e passar uma receita pra não reclamarem que não foi nada útil… (é uma dica pra quem mora sozinho!).

Ingredientes para Arroz Carreteiro:

3 xícaras de chá de arroz lavado
2 colheres de sopa de óleo
1kg de carne seca
2 dentes de alho amassados
1 cebola média picada
7 xícara de chá de água fervente

Como Preparar:

Coloque com antecedência a carne seca de molho, trocando a água por várias vezes. (Melhor deixar em geladeira, por 24 horas.) Cozinhe-a até que esteja macia, pique ou desfie.

Refogue o alho e a cebola no óleo e junte a carne seca. Acrescente o arroz e frite bem, mexendo sempre. Adicione a água e baixe o fogo.

Deve ser servido ainda úmido, por isso, prepare na hora de servir.

2 Comentários

  1. As grandes obras são executadas, não pela força, mas pela perseverança.
    (Samuel Johnson)

    A LENTE

    Quando menino, eu tinha por apelido, “o fogo-de-palha”.

    Estava sempre com um plano novo na cabeça e, a respeito, falava entusiasticamente à minha família.

    Começava a tarefa, porém logo me sentia desanimado e a largava desinteressado.

    E uma outra idéia magnífica jorrava de meu espírito, para ter o fim de sempre.

    Embora o fato se repetisse constantemente, não havia, em minha casa, comentários a respeito.

    Em certo dia de verão, meu pai, que lia o seu jornal na varanda, chamou-me. Estava com uma lente na mão e me disse:

    Preste atenção e irá ver uma coisa muito interessante. É uma experiência…

    Com o sol incidindo na lente, passeava o foco de luz pela folha do jornal, porém nada acontecia. Eu estava intrigado.

    Então ele deteve o movimento e manteve o ponto de luz imóvel por algum tempo, focalizando os raios solares. Dentro de poucos segundos o papel se incendiou e surgiu ali um furo.

    Escusado é dizer que aquilo me fascinou, mas não entendi logo o significado da experiência. Então meu pai me explicou:

    Meu filho, este princípio se aplica a tudo que fazemos. Para alcançarmos qualquer êxito na vida é indispensável concentrar todos os nossos esforços na tarefa do momento. É como a concentração dos raios do sol filtrados pela lente. Enquanto ela percorreu às tontas a folha do jornal nada aconteceu. Mas, quando se deteve, você viu o furo provocado. Tudo questão de paciência, tempo e concentração. Às vezes, quando estamos prestes a desistir, aparece-nos a solução do problema, justamente como no caso do furo no papel.

    Desse incidente me recordei inúmeras vezes em minha vida, o que me deu sempre muita coragem para perseverar até o fim.

  2. Venho me desculpar por estar um pouco atrasado nos meus comentários. Acontece que estou em semana de prova e fatidicamente permanecerei até a primeira semana de outubro.

    Ah! Eu já conhecia essa receita.


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s