Vaidoso? Eu?

Acepções Houaiss
substantivo feminino
1 qualidade do que é vão, vazio, firmado sobre aparência ilusória
2 valorização que se atribui à própria aparência, ou quaisquer outras qualidades físicas ou intelectuais, fundamentada no desejo de que tais qualidades sejam reconhecidas ou admiradas pelos outros
Ex.: <veste-se com v.> <resolveu ser intelectual por pura v.>
3 avaliação muito lisonjeira que alguém tem de si mesmo; fatuidade, imodéstia, presunção, vanidade
Ex.: nunca deixou sua v. suplantar sua humildade
4 coisa insignificante, futilidade; vanidade
Ex.: <não leva nada a sério> <só cuida de suas pequenas v.>

Pano pra manga nós temos pra falar desse assunto. Lembro do prêmio Mutley do EE2, que era o reconhecimento dos DeMolays que mais buscavam medalhas. Vi também um grande número de Irmãos caírem na desgraça de procurar sempre colar, colar e mais colar. Comentava essa semana com um amigo meu que no início até era extremamente fascinado por colares e medalhas. Quando conheci o primeiro MCN e tirei uma foto, foi uma coisa do outro mundo. Quando apertei a mão de tio Mansur então, nem se fala. Porém, a idade e as responsabilidades me mostraram que um colar não é nada. Pena que quase ninguém descobre isso a tempo…

Depois que o tempo passa, que você vai trabalhando não almejando os colares, eles acabam caindo sobre seus ombros quando você menos percebe. Já cansei de dizer que ia pendurar as chuteiras, pelo menos temporariamente. Já ouvi outros falarem que vão pendurar as chuteiras outras tantas vezes e eles continuam na ativa. Será que é por que não formamos novos líderes? Será que é por que não queremos largar o osso? Ou será que as responsabilidades recaem sobre as pessoas que, mesmo sem querer, assumem a postura séria de trabalho? São raros os Mutleys que permanecem depois de um tempo (5 anos segundo as estatísticas de um amigo). E os que ficam, acabam um pouco colocados de escanteio pelos próprios meninos (pano pra outros posts). Só há um problema quando, depois de muito tempo afastados, eles retornam e ninguém mais conhece a fama de FDP deles…

Pois é… minha namorada me disse há pouco tempo atrás que as responsabilidades que sou “obrigado” a assumir pelo DeMolay é justamente por não almejá-las. Se as almejasse, talvez há muito tempo já teriam me tirado da Ordem (“Ou você tem muito amor pelo DeMolay ou você é louco” rsrsrsrsrsrs)

Acho que, para minha sorte eu não sou nem um pouco…

Acepções Houaiss
adjetivo e substantivo masculino
1 que ou quem deseja ter reconhecidos seus próprios dotes e méritos físicos ou intelectuais
Ex.: <os v. estão sempre se cuidando> <é uma jovem v. que vive cuidando da própria beleza>
adjetivo
2 que sente ou demonstra orgulho pelo sucesso obtido por ele mesmo ou por um seu próximo
Ex.: <estar v. pelo prêmio recebido pelo filho> <o autor está merecidamente v. com o sucesso do livro>
3 que se considera melhor, mais bonito, superior aos outros em alguma ou todas as suas qualidades; presunçoso
Ex.: pessoa egoísta e v.

Anúncios

2 Comentários

  1. Concordo em parte. A vaidade, na medida certa, pode ser o “empurrãozinho” que algumas pessoas precisam para descobrir do que realmente são capazes, e muitas vezes é o que motiva outras tantas a se dedicarem a aquilo que se dispõem e colherem bons frutos (não somente para si). Afinal, vaidade e competência, podem coexistir em uma única pessoa.

  2. […] Vaidoso? Eu? […]


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s