Enquanto houver uma Ordem DeMolay…

Em meu ultimo post(a 15 dias atrás, sorry) comentei sobre a instalação de Capítulos em cidades ditas pequenas e é claro prometi uma reflexão para meu próximo post, que demorou mais saiu.

Na realidade que cresci para a Ordem DeMolay nunca consegui imaginar a Ordem DeMolay em pequenas cidades, com poucos habitantes, mas a experiência e especialmente a troca dela, me mostraram que isso é possivel. Bastando apenas dedicação do grupo que decidir doar seu tempo em prol da Ordem DeMolay, de preferência Tios e Tias.

Creio que muitas vezes deixamos de pensar em ter um Capítulo DeMolay em uma cidadezinha, com o medo de que ele venha a fechar. Sim, deve ser terrivel ver seu próprio Capítulo fechar. Mas se pensarmos que se não arriscarmos e descobrir se esse Capítulos vão continuar ou não, a juventude dessa cidade dificilmente será apresentada as virtudes da Ordem.

Hoje conheço exemplos de Capítulos que surgiram assim e são fortes, podendo as vezes ser exemplo aos demais de seu Estado. E aí fica o questionamento: Incentivar Capítulos em cidades pequenas mesmo que corra-se o risco de ele fechar ao longo do tempo se não tiver o cuidado necessário?

Eu creio que é válido. E vocês?

4 Comentários

  1. Bom, minha cidade é pequena e o Capítulo já vai para seus dez anos. Em toda região, apenas um Capítulo está numa cidade grande, todos os demais estão em cidades pequenas. Há inclusive cidades com dois Capítulos.

    Acho que o Capítulo é bem melhor colocado em cidades pequenas. Nestas cidades (sei bem como é) não há nada para fazer e o Capítulo torna-se uma ocupação útil e agradável. Tirando assim, os jovens da ociosidade.

    Há também um controle maior nas sindicâncias, pois “todo mundo conhece todo mundo”. O Capítulo pode se desenvolver muito facilmente e pela cidade ser pequena, fica fácil todo mundo conhecer.

    O Capítulo só fecha se não houver dedicação dos membros. Mesmo que todo mundo vá estudar fora quando completar seus 17, 18 anos, há sempre os que ficam. Há sempre gente para ajudar.

    Para quem já foi em Itapecerica, interior de Minas Gerais, sabe-se que lá há Interact, Rotaract, Leo Clube, Escoteiro, tem Rotary, Lions, Maçonaria e já pensa-se em instalar um Capítulo. Todas as associações funcionam plenamente, com grande números de membros. A cidade deve ter uns 25.000 habitantes.

  2. Já vi cidades com cerca de 30.000 habitantes possuirem um Capítulo DeMolay forte e exemplar. Assim como já vi cidades com mais de 100.000 habitantes que o Capítulo fraqueja sempre. Acredito que o problema não seja o tamanho da cidade, mas a forma com que as pessoas – sejam elas DeMolays/ Maçons ou não – encaram a Ordem.

  3. Caras,

    Não é nenhuma tragédia um Capítulo fechar. Se não foi pra frente é porque algo não estava prestando. Darwin explica.

    Vi muito capítulo fundado e instalado no oba-oba da maçonzada, que depois de um ano tinham sumido, tanto o capítulo quanto os maçons.

    Esses caras achavam que DM não é coisa séria, uma distração pros moleques depois do futebol.

    Tal e qual uma empresa, tem que ser feito um estudo de VIABILIDADE. Que alguem com alguma boa vonatade de melhorar o mundo faça um estudo considerando a população da cidade ou da micro-região, da população jovem na faixa etária, sejam DM ou FDJ, condições financeiras, interesse das pessoas afetadas diretas ou indiretamente, entre milhares de outras variáveis.

  4. Eu acompanho os DOIS primeiros comentários. E esse problema dos DeMolays que deixam o capítulo mais ou menos aos 17/18 anos, não é só das menores cidades não. Acho inclusive, que este “poder” de se difundir pelo interior a dentro, é uma grande vitória de nossa Ordem e principal responsável pelo seu reconhecimento nos mais variados círculos.


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s