A Virtude Enobrece.

Engraçado como fico tentado a pensar durante as confraternizações dos Capítulos: “Somos tão diferentes e mesmo com toda essa diferença somos todos DeMolays”. Já ouvi muitas vezes Demolays dizendo que quem é DeMolay nasce DeMolay. Aí fiquei pensando: como pode? Somos tão distintos, quanto à família, história, criação, experiências de vida. Mas analisando algumas situações percebi que todos temos uma maneira semelhante no modo de pensar. Creio que a Ordem aperfeiçoa isso em nós. Ela nos faz refletir em aspectos muito parecidos e, assim passamos a agir conforme achamos devido, como DeMolays que somos.

Esse caminho de seguir ensinamentos começa em nossa iniciação, quando aprendemos coisas básicas para ser um bom DeMolay. Depois, continua com nossos trabalhos, Cerimônias, exames, cargos feitos a cada reunião, mas o principal de todos estes é o EXEMPLO. Todo DeMolay tem dentro de seu Capítulo alguém que se espelhou para ser semelhante, um aprendiz convicto com a finalidade em crescer e evoluir.

Logo, o que afirmo é que: como um dia escolhemos exemplos para seguir, seremos um dia escolhidos para ser os novos Exemplos a ser seguidos. Nossos Capítulos são rotativos e as pessoas mudam. As antigas saem em sua maioria, novas adentram nossas portas e as lições são repetidas e continuam a ser de grande efeito. Então, temos que ter um cuidado ao ser tomado como exemplos. Vigie.

Falamos tanto em Pais e Mães em nossas Cerimônias, tanto públicas quanto fechadas. E quando iniciados, somos pegos mesmo como pais. Não que sejamos velhos, mas a lógica do ser humano está em imitar para assim, aprender. Como uma criança imita seu pai nas atitudes, um DeMolay que inicia tende ao mesmo.

Talvez seja mais fácil ensinar todos os nossos ensinamentos apresentando mensagens ou cerimônias belíssimas, porém os fatos e feitos são mais eficazes que quaisquer outras palavras ditas.

Albert Schweitzer disse uma vez: “Dar o exemplo não é a melhor maneira de influenciar os outros. – É a única.”

Tente ao menos influenciá-los pelo lado bom da coisa.

 

http://br.youtube.com/watch?v=p-HQ0H4WdAM

 

O Reverente sabe que dar exemplo não é fácil e que muitas vezes o exemplo dado por eles é o mais eficiente. Mas enquanto exemplos, sejamos dignos de sermos os “Escolhidos”.

Orgulho ? (!) ?

Mais um final de semana perto de casa. Ou melhor, em casa. Nada melhor do que retornar, ainda que temporariamente, para a casa dos pais. Comer comida quentinha e boa. Dormir o sono dos justos e não se preocupar com ninguém pra pentelhar sobre a hora que você dorme ou acorda. Pena que foi só um final de semana…

Nas duas últimas semanas tenho resgatado um orgulho que já me foi caro, mas que voltou a me animar para trabalhar pela Ordem DeMolay. Voltei a ter um orgulho incomensurável de uma coisa boba: SER DEMOLAY!

A camisa americana com os dizeres When you’re good, you’re good. When you’re DeMolay, you’re better que rendeu um puxão de orelha na faculdade me fez sorrir. Tudo porque vi o trabalho que um Capítulo pode fazer ao ver mais de 5.000 pessoas envolvidas num evento realizado pelo meu Capítulo. Depois de CNODs de sucesso (ao que sei para ambos os SCs), voltar a encher a boca e dizer EU SOU UM DEMOLAY! não é pra qualquer um. É restrito apenas para nós: DEMOLAYS!