UM DEMOLAY CHORA

Fala gente boa do Caí de Paraquedas… Pois é, semana passada estava eu com uma “dor de corno” dos diabos… felizmente consegui levantar a cabeça, resfriar o pensamento e seguir adiante…. Mas o post de hoje, vem em forma de reflexão…

Até que ponto nós demolays nos preocupamos com nossas atitudes… A gente já parou pra pensar em como estamos escrevendo nossa história, que legado eu estou deixando para meu capítulo? Eu estou pensando duas vezes antes de tomar uma atitude ou uma decisão, e será que com isso eu não vá machucar alguém?

Somos fortes de verdade? Conseguimos nos sobrepor sobre as coisas vis que todos os dias batem à nossa porta…. enfim… Vamnos refletir…. Virar os “zóios” pro lado de dentro e começar a pensar no que estamos fazendo.

Para ajudar, segue um poema bem reflexivo…. rssss

UM DEMOLAY CHORA

 

 Um DeMolay chora

Exemplo do que é certo

Extremo que separa

O bom do ruim

Também chora

 

Ele expressa sua dor

Ao ver tudo que aprendeu ir a pique

Num oceano sujo e tentador

 

Ele chora

Ao ver suas virtudes

Serem pisadas e abatidas

Por golpes de irresponsabilidade

Desunião e perfídia

 

Ele chora

Quando deixa a cólera profana

Tomar seu cérebro e seu corpo

Fazendo-o cometer atos vergonhosos.

 

Nós, jovens virtuosos,

Choramos literalmente

Ao ver um irmão, ou nós mesmos

À mercê da insanidade impura

De mentes vazias.

O Puro – Refletindo pra caramba

Anúncios

Deixe um comentário

Nenhum comentário ainda.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s