O marasmo positivista na Ordem DeMolay

Meus queridos, desculpem-me pelo atraso na minha postagem aqui no blog. Eu deveria ter postado no sábado (17/05), mas, infelizmente, eu estava meio isolado do mundo… e sem internet! rsrs

Mas vamos lá: eu quero falar um pouco aqui sobre a atuação da Ordem DeMolay, dos DeMolays, dos nossos representantes e de ambos os Supremos na área da filantropia. Filantropia essa que hoje em dia é também chamada de “Investimento Social Privado” por alguns tecnocratas mundo afora.

Meus caros: medidas incompletas, positivistas e simplórias não mudam a vida de ninguém. Uma das atuações que mais observamos em Capítulos DeMolay é o recolhimento do Tronco da Solidariedade, doações, etc. se transformam em cestas básicas ou brinquedos para crianças carentes na época do dia das crianças ou do Natal. Cesta básica, brinquedos e quaisquer outras ajudas materiais não resolvem o problema. E o “day after”? A cesta básica vai acabar, a criança que recebeu o brinquedo vai sentir frio e fome mais tarde e a vida dela vai continuar tão miserável quanto antes…

Acredito sinceramente que a Ordem DeMolay não deve se propror, através dos Capítulos, de seus membros ou de seus Supremos, a prestar um assistencialismo barato que não vai resolver o problema. Isso é, no mínimo, hipocrisia. Oferecer migalhas a uma criança ou a uma família uma vez ao mês não vai resolver o problema. Nós devemos nos organizar e trabalhar com projetos e arranjos produtivos que dêem resultados práticos. Lembram daquela velha máxima: “Não dê o peixe, ensine a pescar.”? São medidas assim que vão produzir um resultado mais satisfatório e duradouro.

Existem inúmeros projetos pelo Brasil afora (a Ordem DeMolay agradece as sugestões na caixinha de comentários!), liderados por irmãos, que funcionam de uma maneira mais digna e respeitosa do que essas medidas assistencialistas. Associações Alummi coordenam cursinhos pré-vestibular gratuitos, Capítulos constroem hortas comunitárias, grupos de DeMolays promovem eventos culturais que informam sobre meio ambiente, sexualidade, direito… Mas, infelizmente, enquanto uns lutam dessa forma, a maioria trabalha da maneira mais simplória e que não gera frutos.

Os Supremos Conselhos, assim como os nossos representantes, deveriam traçar metas e projetos mais qualificados e duradouros pra promover uma maior integração entre a Ordem DeMolay e a sociedade. Esse marasmo filantrópico que nossa Ordem vive não pode permanecer: nós precisamos agir em sociedade, promover o bem e tentar devolver pra esse mundo injusto ao menos um pouco do que nos foi ensinado e proporcionado pela Ordem. E você, jovem DeMolay que lê essas linhas, também deve fazer sua parte: se instrua, lute, grite, vote. Enfim, seja um cidadão consciente.

Saudações a todos!

8 Comentários

  1. Hummm…

    Reflexão nem precisa ser feita!
    O texto já faz isso pra gente!

    xD~~

  2. Eu sou da Ordem DeMolay, e acho que o que ela faz é muito bom, ajuda bastante doações, comida para necessitados e etc..
    E sobre isso não fazer diferença eu creio que faz, porque umas das melhores coisas em você estar participando destas filantropias, é ver nos olhos das pessoas carentes a felicidade em receber a doação, depois, é lógico que irá acabar, porém seria pior sentir fome antes do tempo, e eu rezo para que existam, pessoas que mesmo não sendo da Ordem DeMolay, ou qualquer Ordem relacionada a filantropia como por exemplo a Maçônaria, pensem e ajudem também a essas pessoas necessistadas pois elas sim precisam de ajuda!

    Abraços fraternais,

    Aurelio” Grott Neto

  3. Caro Irmão, sou DeMolay da Paraíba, MC do meu Capítulo.
    Gostaria que voce me mandasse por e-mail algo que na sua visão melhoraria o mundo do modo que voce deseja segundo o texto.
    Porque na minha visão, apenas aviltar o nome da ordem, e naum dar opinioes nem fazer nada, ai sim, nao adianta em nada…

    Saudações

  4. amigo,

    estava lendo seu artigo sobre o tronco da solidariedade, nao seis e vc é ou nao um membro da ordem demolay, eu sou, vc devia calar a sua boca e dizer coisas q vc naum sab, eh uma gratidao fazer u bem aos proximos, melhor doq vose q só critica um trablaho tao belo que é a ordem demolay.
    Provavelmete voce nao tera um futuro brilhante.

    abrass,

    Obs.: ESCUTE MAIS E FALE MENOOS!

    linguaruudo!

  5. Gostaria de dar os parabéns ao irmão pelo ótimo post.
    E quanto a alguns comentários acima nem ligue irmão.

  6. Tenho pensado nisso desde que fui iniciado e por isso penso hoje:

    “Oremus charissimi frates paraesta quaesumus omnipotens deux et ordo noster et aeterni proficiat institutis et temporabilus non destituatur auxilius”

    “Oremos, caríssimos Irmãos: Deus todo poderoso, pedimos, fazei com que a nossa Ordem seja útil aos desígnios eternos e não seja abandonada pelos auxílios temporais”

    Sem mais palavras…

    • Getúlio ressuscitou depois de 3 anos deixando o comentário mais sensato de todos. Parabéns.

      • Getúlio ressuscitou o post, obviamente. hehehe


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s